Inscreva-se

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

COMO TRATAR O PROBLEMA DO SUOR NAS MÃOS E NOS PÉS

Como posso tratar a Hiperidrose?
Felizmente, quem sofre desta patologia possui várias opções de tratamentos. São elas as seguintes: Injeção de Botox; Iontoforese – este tratamento consiste na aplicação de pequenos elétrodos nas mãos, nos pés e ou nas axilas, ligados a uma corrente contínua de baixa intensidade. Com este tratamento, a produção de suor é bloqueada. O melhor de tudo é que o equipamento para realizar este tratamento pode ser adquirido em lojas ortopédicas e farmácias, o que significa que pode fazê-lo no conforto do seu lar; Simpaticectomia (via cervical ou axilar) – não utilizado muito atualmente; Simpaticectomia toracoscópica – cirurgia bastante simples e eficaz; Recursos naturais – o funcho é muitas vezes utilizado como meio de tratamento para esta doença. A posologia é mascar um pequeno ramo de funcho, todos os dias em jejum. Uma alternativa é um xarope elaborado a partir de funcho e vinho. Saiba o procedimento: Ferva aproximadamente 30g de Funcho com 1 litro de vinho; Deixe a ferver durante 10 minutos; Após os 10 minutes, acrescente uma chávena de mel ou açúcar mascavado; Deixe ferver durante mais 4 minutos. Tome duas/três colheres de sopa deste xarope por dia, durante um período de 3 semanas. O funcho, para além de reduzir a Hiperidrose, reduz também o odor do suor. Como posso melhor a minha qualidade de vida em relação à Hiperidrose? Se não tem possibilidades de realizar os tratamentos aconselháveis, deixamos aqui alguns procedimentos que ajudam a melhorar os inconvenientes. São eles os seguintes: Beba muita água – 1,5L/2L por dia. Uma boa quantidade de líquidos proporciona um melhor funcionamento renal e um suor mais ligeiro; Ingira alimentos naturais, ricos em fibra, por exemplo: fruta, vegetais: Tente não realizar com muita frequência refeições com muitos condimentos e/ou com molhos picantes; Procure no supermercado, numa loja de cosmética ou até em algumas farmácias, produtos desodorizantes com propriedades bactericidas, evitando assim a libertação de odor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário