terça-feira, 11 de agosto de 2015

O que é Bicho de pé (Túngiase)?


Tungíase é uma infecção de pele causada pela fêmea do parasita Tunga penetrans, também conhecido como bicho-de-pé. A tungíase está geograficamente restrita ao Caribe, África Subsaariana e América do Sul.
Pode ser encontrado somente em solos quentes, secos e arenosos, o bicho de pé dificilmente será encontrado em áreas urbanas ou locais de clima ameno ou frio. É importante, portanto, manter a atenção em crianças que vivem em comunidades carentes de recursos nas áreas rurais e urbanas do Brasil – local onde cerca de 60% dos pequenos são infectados com bicho de pé, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Causas

A infecção por bicho de pé acontece quando há contato direto da pele com o solo contaminado. A fêmea do bicho de pé, uma vez que penetrou na pele do indivíduo, começa a sugar o seu sangue para alimentar os parasitas que está gerando. Dessa forma, entendemos que toda a fêmea causadora da tungíase está grávida de outros parasitas.

Sintomas de Bicho de pé (Túngiase)

A tungíase pode ter duas manifestações. Em um primeiro momento, haverá uma erupção cutânea na área afetada, como um caroço vermelho. Ele pode apresentar coceira, como uma urticária, ou apenas a manifestação na pele.
Em casos mais avançados – de infecções persistente, não tratadas ou associada a infecção de outros micro-organismo – pode haver:
  • Supuração
  • Ulceração
  • Gangrena
  • Necrose do tecido circundante
  • Deformação e a perda de unhas.
  • Tratamento de Bicho de pé (Túngiase)

    O tratamento da tungíase consiste em eliminar o bicho de pé da pele e evitar infecções secundárias. As opções de tratamento são:
    • Crioterapia
    • Medicamentos antiparasitários tópicos, como pomadas ou cremes
    • Medicamentos antiparasitários orais
    • Remoção por pinça
    • Remoção por curetagem, caso o bicho de pé esteja cheio de sangue e não possa ser removido apenas com pinça.
    Após a remoção do bicho de pé, antibióticos tópicos são aplicados à ferida. Antibióticos de largo espectro uma vacina para tétano também pode ser indicados para prevenir infecções secundárias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário