Inscreva-se

domingo, 25 de agosto de 2013

Benefícios das frutas desidratadas.
A fruta desidratada, também denominada fruta seca, é o produto obtido pela perda parcial da água da fruta madura, inteira ou em pedaços, por processos tecnológicos adequados que possibilitem a manutenção de no máximo 25% de umidade. Por essa razão, as frutas secas, ao contrário das frutas frescas, representam uma fonte mais concentrada de nutrientes, fibras e compostos bioativos, por isso possuem um prazo de validade maior. Em consequência disso, as frutas desidratadas são consideradas ótimas fontes de vitaminas e minerais, como também de calorias, devendo o seu consumo ser moderado, como parte de uma alimentação equilibrada. Pesquisadores constataram que a capacidade antioxidante das frutas secas é maior do que a das frutas frescas. Dentre as frutas secas analisadas, a ameixa seca exibiu maior capacidade antioxidante, seguido do damasco. Isso se deve ao maior teor de compostos fenólicos na ameixa seca, apresentando altos teores de flavonoides e cumarinas. A uva passa também é fonte de diversos compostos fenólicos. Além do resveratrol, que está presente na casca, às antocianinas e os glicosídeos flavônicos estão entre os compostos mais estudados nesta fruta por apresentarem atividade antioxidante, propriedades anti-inflamatórias e anticancerígenas. As frutas secas em geral são excelentes fontes de fibras e ferro, vitaminas A e C, além de potássio e cálcio. Consumir diariamente 3 a 5 unidades entre as refeições, não causará prejuízo a dieta apesar do alto valor calórico. As melhores para a dieta: todas as frutas secas são quase iguais em termos de calorias por grama, e com consumidas moderação, elas são saudáveis para qualquer dieta. Sua mistura de ácidos graxos ômega-3 ácidos graxos, proteínas e fibras vão ajudá-lo a se sentir satisfeito. As que possuem menor taxa de gordura são as amêndoas, pistaches e castanhas. As piores para a dieta: quer manter as calorias em dia? Fica que longe das macadâmias e pecans. Cada 10 g de macadâmia, por exemplo, tem 2 g de proteína, 21 g de gordura. No entanto, elas e as pecans ainda são boas frutas secas: A diferença entre elas e as de baixa caloria é pequena. A dica é economizar nas porções. As melhores para o coração: embora todas as nozes contêm gorduras saudáveis para o coração e omega-3, elas também possuem grandes quantidades de ácido alfa-linoleico (ALA). Estudos tem sugerido que o ALA pode ajudar a arritmias cardíacas, e uma pesquisa de 2006 sugeriu que as nozes espanholas foram tão eficazes como o azeite na redução da inflamação e oxidação das artérias após uma refeição gordurosa. As melhores para o cérebro: os amendoins são tecnicamente leguminosas, mas geralmente entram no grupo das nozes. Eles são ricos em Folato, um mineral essencial para o desenvolvimento do cérebro que pode proteger contra o declínio cognitivo. Como a maioria das outras nozes, os amendoins também são cheios de gorduras saudáveis e vitamina. As melhores para os homens: as castanhas-do-pará são ricas em selênio, um mineral que pode proteger contra câncer de próstata e outras doenças. Porém, ingira com moderação: uma pesquisa recente deu a entender que o selênio em demasia pode estar ligada ao risco de diabetes tipo 2. Pecans também são boas para a saúde dos homens: elas estão carregadas com beta-sitosterol, que pode ajudar a aliviar os sintomas da hiperplasia prostática benigna (BPH), ou aumento da próstata. As melhores para a prevenção de doenças: relativamente com baixa em calorias, as amêndoas têm mais cálcio do que qualquer outra fruta seca, o que faz dela um alimento ótimo para a saúde. Além disso, elas são ricas em fibras e vitamina E, um antioxidante que ajuda a combater a inflamação e, possivelmente, o câncer de pulmão e o declínio cognitivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário