Inscreva-se

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Fases do Relógio biológico Humano:

FASE MATUTINA-Manhã O pico matutino de adrenalina é responsável pelo aumento da pressão arterial neste período do dia, justificando a intensidade e o agravamento de todos seus sintomas. Isto ocorre porque o fluxo de sangue nas artérias coronárias diminui, o sangue fica mais denso, as plaquetas responsáveis pela coagulação se unem mais, resultando numa maior exigência cardíaca durante a manhã. Estes fatores além de aumentarem a pressão arterial também aumentam o risco cardiovascular desde a madrugada até às dez horas da manhã. Devido a esses fatores a pratica de atividade física pela manhã não é recomendada. O exercício físico aumenta o pulso cardíaco e a pressão arterial que podem elevar a produção de adrenalina que já esta no seu pico. Durante a manhã os alimentos ingeridos são transformados em energia e regeneram a massa muscular. Isso ocorre porque o cortisol, hormônio responsável pela transformação de proteína em energia atua neste horário. As proteínas ingeridas pela manhã além de serem transformadas em massa muscular também ajudam na manutenção constante dos níveis de glicose. Este fato é responsável pela preservação da massa muscular, pelo aumento do estado de alerta e da concentração além de principalmente evitar a sensação de fome durante o dia. O consumo de proteínas neste horário também é responsável pelo aumento da temperatura corporal e pela aceleração do metabolismo, mais do que se fossem consumidas a noite. Pela manhã nosso organismo também é mais sensível à ação da insulina, hormônio responsável pelo aumento da glicose sanguínea. Por este motivo a ingestão de carboidratos nesse período do dia faz com que a insulina aumente enviando glicose aos músculos aumentando a energia e não a reserva de gordura. Além disso, o consumo de carboidratos e doces pela manhã produz serotonina cerebral o que diminui a compulsão por doces ao entardecer. 7hs às 8hs - DESPERTAR A partir das 6h, o corpo produz um hormônio que faz acordar, o cortisol. Entre 7h e 8h, a taxa de cortisol no corpo atinge a concentração máxima. Essa faixa de horário é ideal para acordar com facilidade e com o pé direito. Quem gosta de acordar tarde já começa o dia em desvantagem. 9hs às 10hs - PRAZER Quem acorda e volta a dormir comete um erro; por volta das 9h o corpo começa a produzir endorfinas que funcionam como analgésicos naturais e encorajam um sono pesado do qual será difícil sair sem dor de cabeça ou mau-humor. A hora certa para fazer coisas prazerosas, já que a taxa de serotonina (neurotransmissor ligado ao prazer) está em seu apogeu. O prazer experimentado só será aumentado. 10hs às 12hs - TRABALHO O estado de vigilância atinge o seu pico e a memória de curto prazo está mais ativa. Depois que as endorfinas presentes entre 9hs e 10hs desaparecem, o organismo atinge a sua velocidade ideal. Momento certo para refletir, discutir ideias e encontrar inspiração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário