domingo, 26 de maio de 2013

A arte do tomate seco ao sol.


A arte do tomate seco ao sol

As regiões mediterrânicas produzem enormes quantidades de tomate, mas apenas uma pequena parte das colheitas é destinada para secagem ao sol. A maior parte do tomate é enlatada para conserva ou utilizada na preparação de molhos. 

Na segunda quinzena de Abril, as plantas jovens de tomateiro seleccionadas são plantadas nos campos e um sistema de irrigação garante que cada planta jovem recebe a quantidade de água necessária.

Grupos de pessoas da região, mulheres na sua maioria, descem até aos campos e dão início à tarefa árdua de colher o tomate, apanhando as brilhantes jóias vermelhas escondidas entre a longa folhagem verde. Os exemplares mais belos, separados para a secagem ao sol, são lavados, cortados ao meio, colocados sobre grandes tabuleiros e expostos ao sol. Em seguida, são polvilhados com sal e cobertos com redes de protecção; ficam assim expostos ao sol durante quatro a cinco dias.

São necessários 10 quilos de tomate fresco para se obter apenas 700 a 800 gramas de tomate seco ao sol. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário