quarta-feira, 17 de abril de 2013

VITAMINA ' D ' DIMINUI O RISCO DE CÂNCER NO ÚTERO.

O corpo produz vitamina D ao ser exposto à luz solar, ou ela pode vir direto da alimentação. Por isso, as participantes do estudo também completaram um questionário sobre exposição à luz dosol. Aquelas que reportaram passar mais de uma hora em ambientes descobertos tiveram diminuição da incidência de miomas estimada em 40%.

Apesar de o estudo apresentar resultados consistentes, os pesquisadores reforçam a necessidade de novos estudos que possam explicar mais sobre o desenvolvimento da fibrose e o impacto da vitamina D neste processo. 

Aprimore o consumo de vitamina D 

A principal fonte de vitamina D é a luz solar, que estimula a produção da substância pela nossa pele. A nutricionista Priscilla Baracat ensina que 10 a 15 minutos de contato com a luz do sol, de duas a três vezes por semana, evitando a exposição entre as 10h e 16h, já são suficientes. Alguns alimentos também têm quantidades consideráveis de vitamina D, mas é preciso atenção, já que também são ricos em gorduras. 

Outra alternativa para normalizar os níveis de vitamina D é o uso de suplemento alimentar. Antes de toma-lo, é indicado consultar um médico ou nutricionista. O nutrólogo Roberto Navarro explica que o exame de sangue deve sempre ser feito antes da suplementação e, caso os níveis de vitamina D estejam abaixo de 30 nanogramas por decilitro, pode ser feito o uso de suplementação. "A suplementação deve sempre respeitar idade, sexo e a quantidade da vitamina no sangue", explica. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário